sábado, 16 de abril de 2016

Uma outra mentalidade

O grande problema do Brasil hoje é o assistencialismo. Tudo é dado, há a política do "coitadinho". O que está sendo esquecido é que há direitos e deveres e a grande parte da população brasileira pensa que só há direitos, é a política do "eu posso tudo" e isso se dá devido ao fato de, como se diz no popular, "não dá nada", não há mais punição, parece que cada um faz o que quer, o que for melhor para si.
Interessante foi uma reportagem mostrada no Jornal Nacional da TV Globo no dia 11/4/2016 que falava justamente sobre o coletivo, sobre corrupção, sobre o "levar vantagem em tudo". Foi aplicado um projeto na Faculdade de Tecnologia de Cornélio Procópio no Paraná que visava "medir" a honestidade do povo. Havia um freezer com picolés a 2 Reais e apenas uma caixinha para se depositar o dinheiro. Resultado, 2% de caloteiros. A ideia surgiu de um professor que esteve na Noruega e lá viu que as frutas e legumes ficavam na rua em frente às lojas, ou seja, a pessoa podia pegar uma fruta ou legume e simplesmente levar sem pagar, o que nunca acontecia. É obvio, pois, vai da mentalidade e da educação do povo.Talvez quando o Brasil tiver essa mentalidade não existirá mais corrupção no país, a educação será boa e não haverá tanto assistencialismo e a ideia do direito a tudo e o egocentrismo tão arraigado desaparecerão.